Seguidores

segunda-feira, 28 de março de 2011

Juros Compostos: taxa efetiva com a HP-12C e o EXCEL

Quando a frequência de capitalização de uma operação representar uma fração da frequência de capitalização da taxa nominal (ao ano) declarada, circunstância bem comum no mercado de crédito, faz-se indispensável apurar a taxa efetiva em juros compostos - sempre.

Lembre-se: em juros simples, onde prevalece a abordagem linear de cálculo, a taxa nominal é sempre igual à taxa efetiva.

A figura 1 apresenta o procedimento padrão de cálculo da taxa efetiva em juros compostos com a HP-12C.

Figura 1

Os exercícios a seguir demonstram a lógica da taxa efetiva a partir de dois exemplos. Sobre o segundo exemplo: após encontrar a resposta da questão, "letra a", não apague os registradores, continue com o procedimento exatamente como indicada a resolução com a HP-12C. 

 Exercício 1 / Resolução com a HP-12C

Exercício 1 / Resolução com o EXCEL


Exercício 2 / Resolução com a HP-12C

Exercício 2 / Resolução com o EXCEL



Fonte das questões:



Exercícios de outros autores:

























Calcular a taxa efetiva com a HP-12C ou com o Excel não é difícil!


Prof. Adail Marcos

Voltar para "Matemática Financeira"

Nenhum comentário:

Postar um comentário